Online

online
Quinta-feira, 31 de Julho de 2008

Verdade?

Então ouvi dizer que os Rádio Macau andaram à estalada?!

 

Escrito por Caminho às 13:59
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 30 de Julho de 2008

And now...

"Ladies and gentlemen, from Los Angeles, California..."

 

 

(Thnx Biography Channel!)

Escrito por Caminho às 13:35
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 29 de Julho de 2008

Guns

O Canal VH1 costuma ter um top com as 10 melhores músicas (acham eles) de uma banda. Neste fim de semana, à hora a que estava a fazer o almoço deviam ver a minha pequena televisão da cozinha a tremelicar devido ao volume!!!

Guns n' Roses!!!

E cantei todas, e dancei todas e pensei em tudo o que me transmitiam, em tudo o que me recordavam, dos meus 12, 13 anos, no meu pequeno rádio no meu quarto, no primeiro carro do meu irmão e no seu autorádio...

Bolas, foi de mais!!!

 

Obrigada VH1 por nunca se esquecerem de ninguém!

Escrito por Caminho às 13:27
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Sonhar ou talvez não

Ok, de há uns dias para cá ando a dizer que gostava de emigrar, de conhecer culturas novas, um novo modo de vida. Mas a verdade é que ando descontente com o nosso país, sobretudo depois de alguns acontecimentos a que assisti na "primeira bancada". E revolta, pois claro que revolta.

Mas a verdade é que, nesta fase da minha vida, não teria a coragem que a Neia teve, por exemplo, em perseguir um sonho e fazer até algo muito (demasiado, na mina opinião) altruísta. Mas parabéns miúda! Hang on!

E não há nada como os acontecimentos baterem-nos de frente para gritarmos com a televisão ou darmos chapadas com as costas das mãos aos jornais que lemos. É demasiado oportunismo e muita "lata" à mistura. Por isso muitas vezes as histórias só têm um lado, pq ninguém quer saber mais ou contentam-se com aquilo que lhes mostram.

 

E pronto, temos dias assim. Em que queremos ir para um país onde niguém pode cuspir para o chão, ou deitar fora um papel de rebuçado, ou fazer barulho depois das 11 da noite, ou onde há ensino gratuito até à universidade. Onde cada cidadão contribui para o próximo, ou melhor, onde todos contribuem (pronto, esta é a minha bandeira!). Pronto, há dia assim e tb tenho o direito a sonhar não?

Escrito por Caminho às 12:13
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Oi

Juro que ainda não estou em mim! Juro que ontem quando vim ao meu blog e vi no contador 26 online pensei que tivesse havido um qualquer erro.

Qual não é o meu espanto quando as pessoas continuam a vir, e ainda gostava de saber o que foi que "despoletou" todo este interesse... Mas olhem, obrigada a todos quanto o visitam. Se pretendiam retirar algum proveito (intelectual, quiçá) deste blog, lamento desiludi-los... mas já agora digam o que acham e do que mais gostaram de ler...

 

Beijuuuuuussss

Escrito por Caminho às 09:31
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
Terça-feira, 22 de Julho de 2008

Olha outro destino de emigração

Vi há poucos dias na televisão que na Dinamarca viviam as pessoas mais felizes da Europa. Os próprios não o admitem. Antes dizem que se contentam com o que têm. Ora, se estão satisfeitos estão felizes. Mas não, eles dizem que as expectativas são baixas, logo, nunca esperam nada de nada, e o que vier é ganho... Ora que interessante! Mas afinal são pessimistas certo? E se afinal a "coisa" até acontecer de uma maneira mais agradável, ficam todos contentinhos..

 

Mas que estudos estranhos.

 

Os nórdicos pensam que por termos o sol, boa comida, somos dos mais felizes. Ah pois é!! E trabalhar a saber que temos todo este sol lá fora e os belos dos grelhados com uma saladinha verde e azeitonas, e as belas praias? Para mim, isto não tem nada de felicidade...

 

 

Uma coisa que reti foi que tinham o ensino completamente gratuito até à universidade!!! e como é que conseguem esta proeza? Não, não é com empréstimos, mas sim com o desconto no vencimento de 50% de impostos!! Mas se, mesmo com menos 50% de vencimento eles são felizes então.... eu tb quero!!!!!!!

Escrito por Caminho às 13:53
link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito

Downnnnn....

A roupa de Inverno deprime...

 

(isto depois de receber um catálogo cheio de cachecóis, malhas, botifarras enormes...)

Escrito por Caminho às 12:53
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 15 de Julho de 2008

Fui!

Estou com uma vontade enooooooooorme de emigrar para a Suiça!!!!

 

(aceitam-se conselhos, ou uma oferta de trabalho para lá, já agora...)

Escrito por Caminho às 13:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 14 de Julho de 2008

Uns dias depois

Bom, pelo menos houve UM fim de semana em que as pessoas, normais, que lá vivem e trabalham puderam sentir-se em segurança. Não é mau. Resta esperar pelo dia em que já não estarão lá as carrinhas de polícia, os jornalistas.

 

É sempre tudo muito mal explicado. A história não começa assim. Houve muita cobardice por trás e está a haver agora um grande aproveitamento de uma situação que se está a empolar. De gente que quer ter direitos sem ter obrigações.

 

Quem lá tem que morar ou trabalhar sabe que tem de ter sempre os ouvidos e olhos bem desimpedidos. Quem lá mora ou trabalha tb sabe, perfeitamente, que pertence, e não pertence, ao bairro. Não é tudo tão linear. As soluções de que falam não vão adiantar.

Viver constantemente com medo ou alerta é muito cansativo. Torna-nos duros por fora, sem emoções, prontos a atacar quem vier ter connosco, lá é assim.

 

Mas eu... ah eu sabia bem do que aquilo estava a precisar.

 

(Ao menos houve alguém que fez aquilo que eu não tive coragem. Mas acabaram com as janelas cravejadas de chumbo.)

Escrito por Caminho às 12:56
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Julho de 2008

A convalescer

Já não me lembro da última vez em que estive doente. Lembro-me de uma das vezes. Na passagem de ano de 2006/2007. Já sei que quando falo disto de doenças "ah já não estou doente há muito tempo..." é certo e sabido que vou ser fulminada por uma daquelas amigdalites que gostam muito de mim e ficar de molho uns 3 dias.

Bom, mas naquela passagem de ano parecia que tinha um camião estacionado no meu peito. Quase não me deixava respirar, e quando deixava doía imeeenso.

 

Mas o pior de tudo são as febres.  É o ter que dormir com 5 cobertores no Inverno e 3 no Verão. Parece que não estamos em nós, tudo nos dói, nada nos apetece, nem falar, nem ouvir, nem comer e muito menos abrir os olhos. Enquanto isso, há sempre alguém que está junto de nós, a obrigar-nos a comer, a perguntar se já tomámos os comprimidos, a ralhar-nos se dizemos que não queremos nada, a ter uma paciência de Jó e porquê? Por causa da febre.

 

É quando nos apetece apenas o miminho de mãe, de mais ninguém. Da canja, dos copos de água.

 

O meu miúdo hoje está de cama. Ontem fomos ao médico. Tive que me desenrascar de carro numa das zonas mais horríveis para se estacionar. Mas desta vez a febre foi valente e esta noite passada foi muito tumultuosa, com voltas e mais voltas, sempre a balbuciar palavras imperceptíveis. Vai com certeza melhorar, graças aos medicamentos que hoje em dia há. E como é que seria dantes? sem medicamentos?.........

Escrito por Caminho às 13:33
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Horas

Ver o Caminho



Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
31

Recentes

...

Patuda

Ainda

News!

Em curso

6 meses (e qualquer coisa...

A descomprimir?

Fui colocada!

Bom fim de semana!

Sim, Onde?

Arquivos

Maio 2011

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Outubro 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Outubro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Quem vem lá?

blogs SAPO

subscrever feeds